domingo, 11 de novembro de 2007

Algoz melancolia

Já fazia algum tempo que eu não postava. Vamos ver se não passo tanto tempo sem postar novamente.

Esse texto não reflete meu estado de espírito. Não obrigatoriamente o meu atual estado de espírito.


Algoz melancolia

Quem és tu que me persegues
Em meus sonhos mais alegres
E os tornas tristes e amargos?

O que queres de mim
Nessa caça à minha paz
À felicidade que paira em meu ser?

Porque me persegues
Com teus cavaleiros sem face
Assombrando a minha mente?

As minhas noites
São ainda mais escuras
Com tua companhia ingrata

Os meus dias
Perdem o brilho de outrora
Se tornam pesarosos

Oh melancolia algoz
Porque me escolheste
Como alvo de tua expiação?

Porque me perturbas
Qual o teu prazer
Em me fazer infeliz?

Um comentário:

Paulo Peterson disse...

Fala Emanuel, sumido rapaz? houve um problema? tô sentindo sua ausência nos comentários no meu blog.

Abraço e apareça.